quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Correr na Areia X Correr no Asfalto





   Diferentes superfícies de corrida podem estressar o corpo e os pés de maneiras diferentes pois trabalham diferentes músculos e articulações. A biomecânica do funcionamento muda dependendo se a superfície é dura ou macia, nivelada ou inclinada. Os corredores, portanto, precisam modificar o estilo e a energia para combinar o ambiente.

Correndo em Pisos naturais: grama, terra, areia

    A grama, a terra e a areia proporcionam superfícies irregulares para os corredores, o que permite ao corpo trabalhar toda a gama de músculos, articulações e tendões para um treino mais desafiador e abrangente. 
No entanto, essas superfícies irregulares requerem foco e conscientização extremas para prevenir quedas, torções no tornozelo e lesões.

As superfícies naturais geralmente são mais suaves e reduzem a tensão nas articulações.

Correndo em Pisos artificiais: concreto, asfalto, borracha, esteira

   As superfícies de concreto e asfalto oferecem aos corredores uma superfície lisa, embora dura. As superfícies antigas e duras, no entanto, podem ter rachaduras, furos e manchas gastas que oferecem surpresas perigosas. A dureza também tende a ser ruins para joelhos e pés.
   Se os corredores escolhem correr no concreto, eles devem ter sapatos com o nível máximo de amortecimento e suporte para evitar pousar com muita força, aterrissagens poderosas em concreto podem ser fortes o suficiente para destruir células sanguíneas e reduzir a quantidade de oxigênio que o sangue pode transportar para os órgãos. 
     
   Além disso, a dureza da superfície pode tornar os corredores vulneráveis a canelites.
O concreto é a superfície mais difícil se possível tente evitar o concreto completamente.
O asfalto não é tão impactante quanto concreto mas também pode agravar as canelites e causar fraturas de estresse. 

As estradas de asfalto devem ser usadas com cautela pois expoem os corredores às voltas e ao trânsito perigosos, bem como a fumaça tóxica dos veículos.
A pista e a borracha são escolhas melhores do que o concreto e o asfalto porque são menos estressantes para as articulações. 

Em resumo, existe um piso melhor para correr?

Tirando o concreto, que não é aconselhado, quem vai decidir qual é o melhor piso para sua corrida será você, seu objetivo e personalidade.

Dica OrthoHouse
Procure sempre a ajuda de um profissional habilitado para te auxiliar nos treinos!